fbpx

Exames radiológicos no diagnóstico da Covid-19.

Home/Colunistas, Notícias da Cidade/Exames radiológicos no diagnóstico da Covid-19.

 

Além dos exames laboratoriais, os exames radiológicos podem auxiliar no diagnóstico da Covid-19.  Entenda como!

 

Ao longo dessa pandemia, tive a honra de receber colegas da saúde e de outras áreas para debatermos sobre a prevenção e diagnóstico da Covid-19 e, na matéria de hoje, trago mais um grande profissional.

Diego Caires é Tecnólogo em Radiologia formado pela Faculdade LS, coordenador de radiologia, professor e servidor da Secretaria do Estado de Saúde do Distrito Federal e, nos traz esclarecimentos muito importantes sobre o diagnóstico do Coronavírus através de exames radiológicos.

 

Confira a nossa entrevista:

 

Nádia: Seja bem vindo Diego. Nos fale um pouco sobre a função e o trabalho dos profissionais de radiologia nessa pandemia.

Diego: “Olá Prof. Nádia, antes de mais nada, gostaria de agradecer por estar aqui. Então, os exames radiológicos sempre foram necessários para diagnóstico e acompanhamento de inúmeras doenças e não foi diferente com a Covid-19, vários profissionais desse ramo estão na linha de frente, nesse momento, auxiliando toda a equipe multiprofissional no diagnóstico e tratamento correto dos pacientes vítimas desta pandemia. São eles, os Tecnólogos ou Técnicos em Radiologia (conhecidos também como Profissionais das Técnicas Radiológicas)  que operam os equipamentos de Raios-X, Tomografia Computadorizada, Ressonância Magnética etc, orientam e posicionam cuidadosamente o paciente, adquire, trata e seleciona as imagens radiográficas que possibilitam aos Médicos Radiologistas laudarem essas imagens, auxiliando em um diagnóstico eficiente e possibilitando o tratamento adequado. Tanto o Médico Radiologista quanto o Técnico ou Tecnólogo em Radiologia são profissionais de saúde que possuem formação específica para a área e estão sob a fiscalização dos seus respectivos Conselhos de Classe Profissional (CFM e CONTER).”

 

Nádia: Qual o exame radiológico mais fundamental para o diagnóstico do Coronavirus e porque?

 “Com certeza é a Tomografia Computadorizada do Tórax. Tal exame tem a capacidade de identificar as lesões que ocorrem durante a infecção por Covid-19. Nesse exame após ser cuidadosamente executado por um profissional das Técnicas Radiológicas possibilita que o Médico Radiologista analise os pulmões (principal órgão que é acometido por esse vírus, como podemos ver na imagem acima), traquéia, brônquios, vasos sanguíneos e outras estruturas importantes para que possa confirmar ou não as lesões que esse patógeno pode provocar, além de quantificar a extensão e a gravidade dessas lesões. Entretanto, é importante salientar que os exames laboratoriais, os sinais e os sintomas devem sempre ser confirmados para fechar o diagnóstico do paciente, já que outras doenças podem apresentar características semelhantes nas imagens tomográficas. Não se pode usar a Tomografia Computadorizada como rastreio para diagnóstico da infecção por Covid-19. Além disso a Radiografia Convencional do Tórax, a famosa “chapa dos pulmões” também pode ser empregada, ora como primeiro exame antes de ser realizado a Tomografia, ora como acompanhamento da evolução do paciente, podendo até mesmo realizar esse exame no leito do paciente, sendo do médico a responsabilidade de prescrever qual o exame mais apropriado. Contudo é válido entendermos que os dois exames citados utilizam os “Raios-X”, e por isso possuem riscos, riscos pelos quais devem ser menores que os benefícios. Por isso todo exame que utiliza radiações ionizantes só devem ser realizados quando devidamente prescrito por um médico e executado por um Profissional das Técnicas Radiológicas legalmente habilitado.”

 

Nádia: Após ser curado do coronavirus, ainda é preciso fazer um acompanhamento através de exames de imagem?

 “Diego: Não necessariamente. Isso depende de cada situação. O médico que sempre deverá analisar a necessidade ou não de exames radiológicos, seja no início, durante ou após a alta do paciente. É importante informar que não há recomendação no uso da Tomografia Computadorizada para predizer a história clínica, acompanhar a evolução do tratamento do e nem retirar pacientes suspeitos de isolamento.”

 

Diego conclui que: –“É fato notório que o uso de exames por imagens, como a Tomografia Computadorizada, são peças fundamentais no auxílio ao diagnóstico e tratamento dos pacientes infectados pelo coronavírus, desde que sejam obedecidos todos os critérios até agora estabelecidos pela mais diversas sociedades científicas, sendo que no início da pandemia foram fundamentais em meio a escassez de exames laboratoriais. Além disso, devemos nos atentar sobre o uso correto de tais tecnologias que utilizam radiações ionizantes, procurando sempre profissionais legalmente habilitados para área.”

 

Preciso enfatizar aqui, a importância dos profissionais de radiologia na batalha contra a Covid. O diagnóstico correto através de exames complementares é fundamental para se fechar o quadro do paciente.

Deixo o meu imenso agradecimento por todos os esclarecimentos do nosso convidado de hoje, que vem representando essa classe tão pouco falada, mas de extrema importância em toda a nossa equipe multidisciplinar de saúde e, um abraço a todos os profissionais de radiologia!

 

Instagram Diego: @diegodfcaires

 

E eu sou Prof. Enf. Nádia Teixeira e toda quinta- feira temos um encontro aqui, na coluna Café com Saúde!

Instagram: @prof.nadia_cst

 

COMECE O SEU DIA COM MAIS SAÚDE E INFORMAÇÃO!!

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.