fbpx

Importância de preservar a unidade de conservação é lembrada pelos moradores da cidade, que completa 19 anos nesta sexta (6)

No aniversário de Águas Claras, que completa 19 anos nesta sexta (6), os moradores têm motivos para comemorar o privilégio de contar com um espaço de lazer especial. Frequentadores do Parque Ecológico de Águas Claras demonstram satisfação com a unidade de conservação gerida pelo Instituto Brasília Ambiental. Ao mesmo tempo em que elogiam a qualidade de vida que o local lhes proporciona, eles ressaltam a necessidade de cada visitante cuidar bem do local para preservá-lo.

“É um ambiente tão gostoso que a gente acaba fazendo parte dele e ele parte da gente”, afirma o servidor público aposentado Júlio Furnaleto Bellucci, 71, que há 18 anos é assíduo no local, onde caminha e joga vôlei. “É preciso cuidar, ter consciência ambiental para usá-lo.”

A mesma opinião tem a profissional de organização e produtividade Rosália Ribas, 59: “Acho que o parque atende, democraticamente, todas as pessoas. Alguns acham que podem fazer tudo que quiserem no parque, se esquecem que ele é uma unidade de conservação e um espaço de uso coletivo. Temos que cuidar se quisermos tê-lo para nosso uso e das futuras gerações”.

Convivência

O advogado Mário Olímpio Medeiros Filho, 56, descreve o Parque de Águas Claras praticamente como um oásis. “É um dos poucos lugares, talvez o único aqui em Águas Claras, no qual a gente consegue ter espaço, horizontalidade e silêncio”, diz. “Vejo famílias, crianças, pessoas caminhando, fazendo piquenique, reuniões. É um lugar de convivência”.

O diferencial de ser um local propício para relaxamento também é destacado pela educadora financeira Elizabeth Chiclete, 59: “É um lugar de paz, supertranquilo, seguro. Consigo vir e fazer uma meditação. Aqui encontro clima para fazer ioga, caminhar ou simplesmente sentar e contemplar a natureza. De um modo geral, atende às minhas expectativas”.

O Parque Ecológico de Águas Claras foi criado em 15 de abril de 2000, pela Lei Complementar nº 287. Tem como objetivo proteger o acervo da flora e da fauna nativas da região, áreas de nascentes e recarga de aquíferos, além de proporcionar a prática de atividades voltadas à educação ambiental e ao lazer.

Com uma área de 95,4876 hectares, a unidade de conservação tem trilhas para caminhadas, pista de ciclismo e várias quadras de voleibol e futevôlei, cercadas de quiosques que remetem ao ambiente das praias.

Conta também com a sede da Diretoria de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais (Dpcif) e o Centro de Excelência em Educação Ambiental. Às margens da Lagoa dos Patos, é possível ver os prédios que ao fundo integram a paisagem, unindo natureza e urbanização.

*Com informações do Brasília Ambiental

 

Faz o seguinte, nos acompanhe nas nossas redes sociais. Dessa forma você fica sabendo primeiro DFÁguasClaras
Participe do Canal DFÁguasClaras de notícias e bastidores no TELEGRAM – https://t.me/dfaguasclaras
Além disso, para participar do nosso grupo de Whatsapp DFÁguasClaras, envie seu número para dfaguasclaras@gmail.com
(Somente assuntos de Águas Claras).
Grupo DFÁguasClaras no Telegram (Capacidade de 100 mil membros): Envie email solicitando o ingresso dfaguasclaras@gmail.com
DFÁguasClaras – Nossa Cidade Passa por Aqui!
No twitter siga: @DFAguasClaras
Facebook: www.facebook.com/dfaguasclaras
Youtube: www.youtube.com/dfaguasclaras

Você pode assinar o nosso PODCAST nas principais plataformas de áudio!

Spotify: https://open.spotify.com/show/2nS3gHAS4NacTdNbulW9bv?si=HePXG9zBToWZyZgWeP03fA

Podcast ITunes: https://podcasts.apple.com/br/podcast/df-aguas-claras/id1499932772

Google Podcast: https://podcasts.google.com/?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy9kYmI3ODhjL3BvZGNhc3QvcnNz

Todo projeto do DFÁguasClaras foi pensado de forma compartilhada e comunitária, por isso hoje carregamos a responsabilidade e o orgulho de ajudar Águas Claras a ser uma cidade melhor.